segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

O Circo da Noite + TBR Jar

Cada estrelinha é um livro não lido.


Numa tentativa de tentar diminuir a pilha de livros não lidos que eu tenho na minha estante, eu decidi fazer uma TBR Jar pra mim. TBR = To be read; a ser lido. Uma TBR Jar funciona basicamente da seguinte maneira: você escreve os títulos de todos os livros que você tem (não vale livros emprestados) e ainda não leu em pedaços de papel, coloca esse papéis em um jarro ou uma caixa e sorteia o próximo livro que você lerá. Se você quiser, você pode estabelecer algumas outras regras, eu - por exemplo - estabeleci as seguintes regras para a minha TBR Jar:

1) Serão só livros físicos.
2) Eu sortearei apenas um livro por mês, mas se eu não conseguir terminar a leitura até o final do mês então eu não farei sorteio algum no mês seguinte.
3) Eu não preciso terminar o livro sorteado, se ele for muuuuito chato eu me dou total permissão de abandonar a leitura e desistir do livro.
4) Eu só poderei ler outros livros físicos por prazer depois que acabar o livro sorteado para o mês.
5) Se eu já tiver lido o livro sorteado, eu sortearei outro.
6) Se o livro sorteado fizer parte de uma série e eu não tiver lido o anterior, eu colocarei o papel de volta no jarro e considerarei como se eu tivesse sorteado o título do livro anterior.
7) Todo livro sorteado será resenhado aqui no blog (com exceção, provavelmente, dos abandonados).

E o primeiro livro sorteado e lido no mês de dezembro foi:



O circo chega sem ser anunciado. Simplesmente está lá quando ontem não estava. um cartaz diz:"Abre ao cair da noite, fecha ao amanhecer." Entre nas tendas. Passeie por um exuberante Jardim de Gelo. Assista maravilhado enquanto uma contorcionista tatuada dobra-se até caber em uma caixa de vidro. E prepare-se para descobrir a magia que surge das pontas dos dedos de duas pessoas que se amam e cuja paixão proibida ameaça consumi-los. (Sinopse retirada da contracapa do livro)

Eu amo circos. Lembro que quando éramos pequenos, meus pais levavam a mim e ao meu irmão a circos sempre que possível, desde aqueles pequenos de bairro aos maiores e um pouco mais famosos. Por mais que alguns números eu já tenha visto diversas vezes e outros já nem me surpreendam mais eu ainda fico encantada. Eu ainda fico com a respiração suspensa e taquicardia em alguns números, ainda sorrio das piadas dos palhaços e ainda fico embasbacada com as apresentações de mágica. Pra mim, os circos parecem transmitir uma atmosfera própria, um pouco etérea e é exatamente essa sensação que a leitura de "O Circo da Noite" proporciona.

Celia e Marco são dois jovens "mágicos" que são treinados desde crianças para competirem um contra o outro em um desafio e é para servir de palco para esse duelo que Le Cirque des Rêves é inicialmente concebido. No entanto, o Circo acaba se tornando o protagonista desse livro enquanto a história de Celia e Marco e das outras personagens é que servem como plano de fundo para se contar a história do Circo. A história é cercada de mistério e nem mesmo as personagens sabem exatamente o que está acontecendo. As personagens foram muito bem construídas e o romance aconteceu de forma lenta e natural, o que o tornou menos forçado e mais crível.

A escrita da autora é apaixonante e eu acho que ela conseguiu atingir sua proposta de imersão porque não tem como ler esse livro e não imaginar cada detalhe sobre o circo e não ficar desejando que ele fosse real. A história é contada sob o ponto de vista de diferentes personagens e durante um longo espaço de tempo. O enredo é envolvente, daqueles que traz a tona várias emoções: alegria, paixão, suspense, tristeza, raiva, sorrisos etc. Esse é um livro para ser lido aos poucos, degustado. É preciso dar uma pausa na leitura de quando em quando para absorver todas as emoções que ele desperta.

Ah! E o trabalho gráfico merece um comentário à parte, o livro é lindo! Com folhas pretas que realçam ainda mais o tom sombrio da história e uma capa bem fiel a descrição do livro.

Enfim, Le Cirque des Rêves é um circo que faz jus ao nome (o circo dos sonhos) que tem e O Circo da Noite é um ótimo livro. Se você já leu, me diz aí o que achou.

Ps. Essa resenha foi feita nos tons preto, branco e cinza com um toque de vermelho para homenagear o livro.

4 comentários:

Luis Gustavo Sodre disse...

Adorei a idéia do jarro e ainda mais da sinpse do livro! *0* deu vontade de mais de ler!
Nunca fui num circo, mas sempre achei o máximo essa justa atmosfera que ela passa. :3

Vanessa Carneiro disse...

Pelo amor de Deus! Como é que tu nunca foi num circo criatura!!?? Tu precisa ir em um. Você vai amar! Rayssa também nunca tinha ido, aí eu e Rebeca levamos ela naquele que estava (ainda está?)no Shopping São Luís e ela amou.
Quanto ao livro, acho que você ia gostar.

Myrlena Raquelly disse...

Adorei a ideia. Eu estou com pilhas de livros não lidos aqui também! E eu amooo circos! Menos o Le Cirque que deixou muito à desejar. hahaha
Beijos, gata :*

p.s.: Tenho um pote cheio de estrelinhas. Comecei com vocês na escola e nunca mais parei! kkkkkk

Vanessa Carneiro disse...

Sério? Eu amei o Le Cirque.
hahaha Fazia tempo que eu não fazia essas estrelinhas algumas ficaram lindas e outras um desastre. =p
Beijão princesa. :*